fbpx
21 September, 2018, 18:21

Harmonizar vinho e comida – Parte 2

Harmonizar vinho e comida não é algo tão simples assim. Você precisa saber quais são todos os ingredientes utilizados na receita e também seu modo de preparo, uma vez que até a diferença entre um grelhado e um assado pedem vinhos diferentes.

Já expliquei aqui a primeira parte sobre estas combinações, mostrando os contrastes da harmonização e quais comidas combinam com determinados tipos de vinhos.

Neste sentido, no be-a-bá de hoje vou te explicar a segunda parte de uma série de regrinhas simples para não errar na hora de harmonizar vinho e comida.

Harmonizar Vinho e Comida

 

Quando comemos, nossas papilas gustativas se adaptam à comida que estamos ingerindo. Por esta razão, ao harmonizar com vinho, esta “mudança no paladar” pode gerar um impacto positivo ou negativo ao vinho.

A Doçura na Comida

harmonizar vinho e comida

A doçura na comida aumenta a percepção de amargor, acidez e o efeito ardente do álcool no vinho. Em contrapartida, diminui a percepção do corpo, doçura e fruta no vinho.

Para um prato que contêm açúcar, é recomendado escolher um vinho que tenha um nível de açúcar mais alto, como um sauternes.

O Umami na Comida

O umami é um gosto saboroso e não é fácil de ser identificado. Ele aumenta a percepção do amargor do vinho, bem como a acidez e o efeito ardente do álcool. Por outro lado, diminui a percepção do corpo, doçura e fruta no vinho.

Nota-se que não é muito fácil harmonizar alimentos em que o umami é evidênciado. Entre eles estão: aspargos, ovos, cogumelos e queijos de pasta mole.

A Acidez na Comida

harmonizar vinho e comida

A acidez de uma comida é algo positivo para a harmonização, pois é possível equilibrar vinhos que possuem alta acidez. No entanto, se o nível do vinho tiver baixa acidez, este poderá ficar plano. Para isto, harmonize comidas que possuam alta acidez, com vinhos que possuam alta acidez.

Explicando: a acidez na comida aumenta a percepção de corpo, doçura e fruta no vinho. Pelo contrário, diminui a percepção de acidez.

O Sal na Comida

harmonizar vinho e comida

Este ingrediente pode ajudar a suavizar alguns elementos do vinho. Assim ele aumenta a percepção de corpo no vinho e diminui o amargor e acidez.

O Amargor na Comida

harmonizar vinho e comida

O amargor na comida apenas aumenta o amargor do vinho – por isso não é bom beber o vinho após o café. Mas, a sensibilidade de amargor varia entre pessoas.

O Picante na Comida

harmonizar vinho e comida

A picância é uma sensação tátil e não um gosto, contudo, ele influência no gosto final do vinho. Neste aspecto: a comida picante aumenta a percepção de amargor, acidez e o álcool do vinho, enquanto diminui o corpo, riqueza e fruta.

Demais considerações na harmonização

Há outras considerações na hora de harmonizar, como a intensidade do sabor, as combinações de alimentos em uma receita e estilos de cozimento como gordura e acidez usada. Estes ficarão para a parte 3 do bê-a-bá.

Se você ainda tem dúvidas sobre harmonizações ou outras curiosidades sobre vinhos, clica aqui para ver mais bê-a-bá !

Anúncios
Share
Ju Gonçalez

Ex Limão com Alecrim, formada em gastronomia, apaixonada por esportes, vinho, boa gastronomia e viagens.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: